Aldeias do Xisto

Endereços que possam ser úteis

Mensagempor Fernando Dias Silva » sexta jan 07, 2011 9:34 am

Boas

Bem em primeiro lugar devo dizer que qualquer visita a uma destas (e outras sem serem de xisto) aldeias é sempre uma aventura. Mas podem crêr que o que nos pode incomodar, não é o que existe permanente nas aldeias, mas sim o que lhes é acrescentado. Vou explicar melhor.
Todos sabemos que quando ouvimos falar de aldeia logo pensamos como vamos andar por lá com as nossas ACs que são grandes, altas, compridas e largas. Lembro-me a cara de espanto de muitos residentes locais quando nos vêem chegar nestas casas rolantes. Não pela novidade das nossas casas mas pela coragem de meter estes veículos naquelas andanças. Mas são precisamente os locais que nos podem dar a informação mais correcta da possibilidade de estacionar, de parar e o mais importante, dar a volta para trás. Eu tenho feito sempre, mas sempre, uma pesquisa do terreno através de mapas satélite na internet e uma grande ajuda são os blogs dos caminheiros e dos que praticam TT. Mas não chega, e por diversas vezes, parar e ir ver a pé a situação no momento torna-se fundamental. As aldeias como foram construídas e no terreno onde estão, são uma evidência dos tempos antigos, o que muitas vezes nos leva a pensar: - Como foi possível pessoas viverem nestes locais? - mas o que está, está e não pode ser mudado.
O pior de tudo é aquilo que se acrescenta. Construções e aplicações mais ou menos recentes mal concebidas e o estacionamentos de qualquer maneira, que prejudicam os outros, e em que os emigrantes no tempo de Verão são em parte os grandes responsáveis. Para mim, não é coerente chamar visitantes a um determinado local, quando não há infraestruturas de estacionamento para todos. Imaginem o que foi colocar 18 ACs na aldeia de Fajão, e não é das piores, mas é muito complicado.
Acho que seria interessante abrir um tópico, em que constava em cada resposta dada por alguém o nome da localidade (qualquer uma) e a explicação dos prováveis sítios de estacionamento. Claro que quem responde tem de ter o conhecimento de causa, e ajudava muito as coordenadas GPS, e quiçá algumas fotos.
Mas perante tanto blá, blá, blá, a minha experiência é muito positiva e nunca tive grandes problemas de estacionamento, mas de passagem já foram algumas aventuras, que acabaram em bem.
"Todo o sacrifício vale bem a pena, as aldeias são lindas"

Cumprimentos
Fernando Dias Silva
Ovar - Portugal
Pão de Ló de Ovar......único no mundo.
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Fernando Dias Silva
 
Mensagens: 579
Registado: quinta mar 06, 2008 8:25 pm
Localização: Ovar - Portugal

Mensagempor cookie » sexta jan 07, 2011 12:18 pm

bem, é então circulável sem problemas de maior.

em aldeias já nos metemos em grandes alhadas (tanto de carro, como de TT como de AC) e uma das vezes de AC, na serra da freita, tivemos que sair de uma aldeia por uma rua em contramão já que era impossível a AC sair pela rua "certa" (eu ia a pé à frente para ter a certeza de que não vinha nenhum carro) e outra, no gerês, de espanha fomos dar a pitões das júnias por uma estrada de terra pelo meio do monte com uma valente trovoada :oops:
cookie
 
Mensagens: 1786
Registado: domingo Oct 04, 2009 2:08 pm
Localização: Vila do Conde, novamente...

Mensagempor Fernando Dias Silva » sexta jan 07, 2011 12:58 pm

cookie Escreveu:bem, é então circulável sem problemas de maior.


Boas

Sim é circulável, no entanto há que levar sempre a gaita (buzina) sempre à mão, as curvas são maior parte das vezes sem visibilidade, as estradas são apertadas para cruzamentos com outros veículos, ter cuidado com postes de electricidade mal colocados, beirais das casas mais baixas, árvores que poderão ter dimensões extraordinárias e a invadir o espaço de passagem, e muita atenção à possibilidade muito frequente de encontrarem animais vivos de grande porte e de grande número na estrada.
Ao circularem por estas estradas devem estar a pensar que a velocidade é devagar devagarinho, também é e deverá ser, mas quando aparece (é quase frequente) subidas e consequentemente descidas bastante íngremes, é preciso dar balanço suficiente para ultrapassar as dificuldades, e depois de algum tempo naquela lufa, lufa, a condução absorve-nos de tal maneira que ao querermos superar a estrada, esquecemo-nos um pouco daquilo que poderá estar mais à frente.
Quando tiverem dúvidas do caminho, párem e vão verificar a pé a possibilidade de passagem. Já me aconteceu, e num percurso normal de aldeias juntas com casas dispersas e em que nada o fazia prever, parar porque desconfiei da descida repentina da estrada, e ainda por cima de paralelo. Se melhor pensei, melhor o fiz e não andei mais para a frente, pois se continuasse, dificilmente tirava dali a AC e com consequências bastante graves pois a descida era de tal maneira acentuada e de paralelo misturado com gravilha, ramos de árvores e pedras enormes em que no meio só cabiam veículos estreitos, não dava para voltar para trás com a AC, sem tracção e potência para saír. O local é remoto e não julgo que as ACs vão para lá. Nós (somos 2 ACs) é que nos aventuramos por sítios em que só jipes costumam andar.
Mas para as aldeias que estão referênciadas como locais turísticos a circulação das nossas meninas é bem possível desde que tenham os cuidados mencionados.

Boas viagens que as aldeias e gentes locais merecem a nossa visita.

Cumprimentos
Fernando Dias Silva
Ovar - Portugal
Pão de Ló de Ovar......único no mundo.
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Fernando Dias Silva
 
Mensagens: 579
Registado: quinta mar 06, 2008 8:25 pm
Localização: Ovar - Portugal

Mensagempor Fernando Dias Silva » quarta jan 12, 2011 9:32 am

Boas

Continuando nesta maravilhosa viagem e para aguçar o apetite, vou continuar a mostrar um pouquinho das aldeias de xisto que visitei.
De seguida uma aldeia que é no meu entender, exemplo do que foi a cooperação e convivência aproximada das pessoas. Casas pegadas umas às outras, vielas estreitas a separá-las e o mais incrível é a centralidade dos sítios comuns, tipo, forno, pátio como se fosse uma praça principal, tudo muito juntinho, o que dá a entender parecenças com uma fortificação. Quando chegámos a esta aldeia, a primeira impressão foi que algo era estranho, pois as primeiras casas eram normais e não tinham nada a ver com xisto. Logo fomos interpelados por duas senhoras locais que, muito simpáticas, nos disseram que as antigas casas que formavam e formam a aldeia são no interior, isto é, no meio das casas que estávamos a ver.
Uma nota positiva foi constatar as obras de recuperação desta aldeia.
E a aldeia é Figueira - Proença-a-Nova:

Imagem
Fernando Dias Silva
Ovar - Portugal
Pão de Ló de Ovar......único no mundo.
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Fernando Dias Silva
 
Mensagens: 579
Registado: quinta mar 06, 2008 8:25 pm
Localização: Ovar - Portugal

Mensagempor Fernando Dias Silva » quinta jan 13, 2011 3:54 pm

Boas

Com o sol a espreitar, cada vez mais são as saudades que tenho de andar por estas aldeias. Vou eleger agora uma aldeia muito bonita e então na época das flores, torna-se um autêntico jardim com casas no meio. Para quem gosta de caminhar, a ida à praia a pé a partir desta aldeia é qualquer coisa de maravilhoso, porque o caminho tem uma beleza ímpar, e então onde se situa a praia, é só ver para crêr.
O estacionamento é muito complicado e difícil sobretudo se estiver já com veículos, que com poucos logo fica repleto.
Bem perto de Figueiró dos Vinhos, a aldeia de Casal S. Simão:

Imagem
Fernando Dias Silva
Ovar - Portugal
Pão de Ló de Ovar......único no mundo.
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Fernando Dias Silva
 
Mensagens: 579
Registado: quinta mar 06, 2008 8:25 pm
Localização: Ovar - Portugal

Mensagempor Fernando Dias Silva » quinta jan 20, 2011 10:04 am

Boas

Já passou uma semana, e deu tempo suficiente para suspirarem por dias bonitos e disponibilidade para conhecerem o que Portugal tem de melhor na sua cultura tradidional e profunda das gentes mais simples que podem existir. Aí sim, a permanência de uma paz e tranquilidade capaz de provocar a qualquer um, um sentimento de nostalgia e reviver tempos passados.
Agora, para viajar no tempo, apresento uma aldeia em que apesar de estar isolada, ainda tem uma vivência muito própria, com alguns "velhinhos" moradores a teimarem no tradicionalismo que os formou.
A aldeia é Martim Branco, onde é fácil o estacionamento:

Imagem
Fernando Dias Silva
Ovar - Portugal
Pão de Ló de Ovar......único no mundo.
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Fernando Dias Silva
 
Mensagens: 579
Registado: quinta mar 06, 2008 8:25 pm
Localização: Ovar - Portugal

Mensagempor cookie » quinta jan 20, 2011 10:10 am

companheiro, gosto muito deste post.

mas por preguiça :oops: de procurar e, por vezes, fruto de alguma indisponibilidade, atrevo-me a perguntar se por acaso não tem coordenadas GPS dos locais de paragem que aconselha e se não os quer colocar.

de qq forma obrigada pelo excelente contributo. :wink:
cookie
 
Mensagens: 1786
Registado: domingo Oct 04, 2009 2:08 pm
Localização: Vila do Conde, novamente...

Mensagempor Fernando Dias Silva » quinta jan 20, 2011 11:42 am

Boas

Tenho todas as coordenadas GPS, mas de momento não posso colocá-las, porque não estou no meu PC caseiro. Prometo dar essa informação o mais breve possível, e talvez se tiver tempo algo mais, para facilitar a preparação dos companheiros que pretendam andar e visitar as aldeias do xisto.
Não tenho GPS, e ainda, não me fez falta, embora as coordenadas sejam muito importantes mesmo para mim, quando faço pesquisas via google map.

Cumprimentos
Fernando Dias Silva
Ovar - Portugal
Pão de Ló de Ovar......único no mundo.
Imagem
Imagem
Avatar do Utilizador
Fernando Dias Silva
 
Mensagens: 579
Registado: quinta mar 06, 2008 8:25 pm
Localização: Ovar - Portugal

Aldeias de xisto

Mensagempor Fonseca58 » sexta set 09, 2011 4:14 pm

:D ......da Lousã, foi o que visitamos num fim de semana passado no Pq. de campismo de Serpins. Muito limpo, bonito, sossegado e asseado.
Percorremos todas as aldeias de xisto e de facto são de uma beleza ímpar, assim como a própria Serra da Lousã o seu castelo e as praias fluviais.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Devagar e bem, parece-me saudável.
Fonseca58
 
Mensagens: 18
Registado: domingo ago 03, 2008 4:25 pm
Localização: Viseu

Anterior

Voltar para Sites Úteis

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante