Tentar evitar o ISV com uma conversão minimalista

Assuntos gerais relacionados com autocaravanismo.

Tentar evitar o ISV com uma conversão minimalista

Mensagempor erebrus » sábado Oct 27, 2012 12:25 am

Boas,
Tal como mencionei noutro tópico, 5 meses depois de comprar a minha primeira AV (uma renault de 88, com 350 000km), vendia-a pelo mesmo preço que a comprei. Não que não tivesse gostado, mas gostei tanto que na próxima Primavera vou viajar pela Europa e para isso preciso de algo um pouco mais novo. Comprei uma Ford Transit de 2000 por um preço muito acessível (e poucos km) e vou transformá-la eu próprio.

Entretanto, o anuncio do fim da redução do ISV caiu que nem uma bomba. Ter a AV homologada e inspeccionada em 2 meses é um desafio enorme. Na realidade, ainda não comprei mesmo a carrinha, mas já há o acordo e só me falta ir lá fazer a transacção e trazê-a. Poderia ainda cancelar o negócio,mas não só não quero voltar atrás na minha palavra com o vendedor, como percebo que se não tentar fazer esta transformação agora, já não o farei, porque sabe-se lá quando/se este governo (ou qualquer outro) vai recolocar esta redução.

A minha actual abordagem é tentar fazer uma conversão minimalista. O mais barata, simples e rapida possível. Assim entrego logo o projecto no IMTT assim que tenha a carrinha (era para ir buscá-la dia 8, mas assim se calhar vou já na próxima semana) e terei essa transformação preparada mesmo que a inspecção/homologação seja rapida. Depois disso, posso pagar o ISV e depois fazer uma transformação como deve ser sem tantas pressas (ainda que tenha que pagar novamente ao IMTT).

A minha principal dúvida é quão minimalista pode ser a minha conversão? Dum outro tópico antigo, retirei:


5.1 - Autocaravanas: um veículo da categoria M (índice 1) para fins especiais construído de modo a incluir um espaço residencial que contém pelo menos os seguintes equipamentos:

Bancos e mesa;
Espaço para dormir, que pode ser convertido a partir dos bancos;
Equipamentos de cozinha;
Instalações para armazenamento.

Regra geral, não há problema, a minha dúvida prende-se com os equipamentos de cozinha. A que se refere isto exactamente? É preciso ter um móvel com um lava-loiças? É preciso ter um sistema de águas limpas (e águas cinzentas?) Frigorifico?
E em relação à mesa, não precisa ser nada fixo, certo? Posso por exemplo ter uma mesa portátil?
Deduzo que possa abdicar de luzes e instalação eléctrica?


Já agora, os que já tiverem convertido uma AV, podem dizer-me quanto tempo demorou entre a entrada de processo no IMTT e a homologação?

Muito obrigado!
erebrus
 
Mensagens: 122
Registado: sexta abr 20, 2012 9:04 am
Localização: Faro, Portugal

Re: Tentar evitar o ISV com uma conversão minimalista

Mensagempor Acácio Gomes » sábado Oct 27, 2012 11:34 pm

Como disse no outro tópico, esqueça a transformação e trate dos papeis porque o carro não vai a inspeção
Imagem
Acácio Gomes
 
Mensagens: 20
Registado: quarta mar 16, 2011 10:46 pm
Localização: Torres Vedras

Re: Tentar evitar o ISV com uma conversão minimalista

Mensagempor erebrus » domingo Oct 28, 2012 12:46 pm

Na alfandega disseram-me que só me deixam pagar ISV depois de ter a inspecção de tipo B feita...

Acácio Gomes Escreveu:Como disse no outro tópico, esqueça a transformação e trate dos papeis porque o carro não vai a inspeção
erebrus
 
Mensagens: 122
Registado: sexta abr 20, 2012 9:04 am
Localização: Faro, Portugal

Re: Tentar evitar o ISV com uma conversão minimalista

Mensagempor cookie » domingo Oct 28, 2012 3:32 pm

erebrus Escreveu:Na alfandega disseram-me que só me deixam pagar ISV depois de ter a inspecção de tipo B feita...

Acácio Gomes Escreveu:Como disse no outro tópico, esqueça a transformação e trate dos papeis porque o carro não vai a inspeção

o melhor será mesmo tirar essa informação a limpo no próprio IMTT
cookie
 
Mensagens: 1786
Registado: domingo Oct 04, 2009 2:08 pm
Localização: Vila do Conde, novamente...

Re: Tentar evitar o ISV com uma conversão minimalista

Mensagempor erebrus » quarta nov 07, 2012 5:29 pm

Devo confessar que estou incrívelmente frustrado.
Ora na alfandega dizem-me que preciso ter uma inspecção tipo B feita e livrete alterado para poder pagar ISV.
A agência automobilistica que contratei falou com o técnico do IMTT e dizem que não é preciso inspecção tipo B. Dizem-me também que o livrete é alterado depois de pagar o ISV e não antes.
O IMTT diz também que tenho obrigatóriamente que ter fogão e frigorífico e tudo mais para ser considerado cozinha. Nem me aceitam um fogão portátil.

É assim este país
erebrus
 
Mensagens: 122
Registado: sexta abr 20, 2012 9:04 am
Localização: Faro, Portugal

Re: Tentar evitar o ISV com uma conversão minimalista

Mensagempor joao rafael santos » quarta nov 07, 2012 10:06 pm

Comp Erebrus
Boa noite comp.Vou dar-lhe um conselho, antes de avançar com a transformação faça bem as contas porque parece que com esta alteração do imposto que já não merece apena estar a fazer a alteração .
joao rafael
Avatar do Utilizador
joao rafael santos
 
Mensagens: 111
Registado: segunda mar 08, 2010 10:05 pm
Localização: faro


Voltar para Assuntos Gerais

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Google [Bot] e 1 visitante