A minha transformação

Área dedicada a troca de informações sobre mecânica, manutenção e bricolage

A minha transformação

Mensagempor Biopedro » segunda Oct 20, 2014 10:53 pm

Olá companheiros,

Há muito que tinha o sonho de ter uma AC, e agora vai começar a ser realidade.

Comprei uma Citroen Jumper de 2003, com tecto alto mas... é de 9 lugares.

Vou ser eu a fazer a adaptação. Como nunca fiz nada do género, talvez a "obra" vá demorar um pouco mais...

Neste fds comecei por desmontar tudo. Só deixei o tablier e os painéis das portas :)

Tive uma surpresa desagradável: os "degraus" de acesso aos lugares da frente estão e muito mau estado, em especial o do pendura que tem podres profundos. Também o chão tem alguma ferrugem, mas não é assustadora.

O passo seguinte vai ser o tratamento da ferrugem. Depois vou colocar cortiça de 4 mm sobre o chão (permite respirar e é um óptimo isolante térmico e acústico) e depois penso colocar uma placa contraplacado de 10 mm. Segue-se o revestimento com vinil.

Se alguém tive dicas / sugestões é sempre bem aceite :)

Já agora, como é que se colocam fotos para ir partilhando os avanços?

Abraços

Pedro
Biopedro
 
Mensagens: 10
Registado: sábado Oct 04, 2014 8:52 pm
Localização: Lisboa

Re: A minha transformação

Mensagempor João Morgado » segunda Oct 20, 2014 11:34 pm

Biopedro Escreveu:Já agora, como é que se colocam fotos para ir partilhando os avanços?

Companheiro, pode utilizar este link: http://alojaimagens.com/
Biopedro Escreveu: depois penso colocar uma placa contraplacado de 10 mm.

Utilize o contraplacado marítimo e não o normal.
Biopedro Escreveu:Segue-se o revestimento com vinil.

Não se esqueça de colocar isolamento nas paredes e tecto.

Boa sorte.
Imagem
"O mundo é um livro.
Quem não viaja, só lê uma página."
Santo Agostinho
Avatar do Utilizador
João Morgado
 
Mensagens: 4712
Registado: quinta jan 17, 2008 6:36 pm
Localização: Brejos de Azeitão - Setúbal (Barman do Clube Autocaravanista da Abeceira)

Re: A minha transformação

Mensagempor Luismbmp » terça Oct 21, 2014 9:55 am

Bom dia, é com agrado que leio este topico.
Amigo BioPedro, no que precisar de ajuda estarei pronto para ajuda-lo.

Como o companheiro João Morgado disse e bem, o contraplacado maritimo é um pouquinho mais caro mas compensa, não incha, não encolhe, não se degrada com o tempo.

Primeiro conselho que lhe dou, pese a carrinha vazia, confirme com o livrete se a tara corresponde. Tome tambem atenção ao peso bruto dessa carrinha.
Na medida que vai comprando materiais, vá apontado num papel o peso de cada objecto.
Se essa carrinha ter um peso bruto de 3500kg, então o amigo pode ficar descançado que nunca o peso da transformação + o peso da tara da carrinha vai ultrapassar os 3500kg de peso bruto.
Agora se o peso bruto que esta no livrete, for abaixo dos 3500kg, deve tomar bastante atenção ao peso de cada matarial que vai instalar na carrinha.
Na inspecção B, o IMTT vai determinar uma nova tara da futura AV, e para isso convem que o peso da tranformação + o peso da tara, seja no minimo 300kg abaixo do peso bruto.
Por exemplo, imaginamos que a tara dessa carrinha é 2200kg, e o peso bruto é 3500kg.
A transformação toda foi 700kg.
As contas que o IMTT faz lá na inspecção B é a seguinte: 2200kg de tara + 700kg da transformação + 75% de combustivel + 75kg do condutor = Nova tara da Autovivenda, que dará mais ou menos 3075kg. Os 3075kg será entao a nova tara que vira descriminada no livtrete, neste caso o Documento unico.
Depois eles vao fazer outros calculos que será o seguinte:
3075kg + nº de passageiros que a AV vai transportar + peso da agua. Por exemplo se a AV for averbada para 4 lugares de cinto incluindo o condutor, eles consideram por pessoa 75kg.
Então será assim: 3075kg + 3 pessoas x 75kg ( o condutor já não conta porque foi pesado para determinar a nova tara da AV, por isso os 3075kg, já la tem o peso do condutor) + peso da agua +- 100kgs. Tudo isto somado dará 3400kgs, terá ainda 100kgs de margem antes de chegar ao peso bruto.
Estas são as contas que eles fazem. Pelo menos foi assim que aconteceu comigo, na inspecção B, no centro de inspecções em Carnaxide.

A ideia da cortiça é boa, mas tenha em atenção o peso. Na minha AV foi colocado rofmate azul, é leve e é um bom isolador termico e ate acustico.

Pronto aqui fica uma pequena ajuda, tome bastante atenção ao peso, e faça contas.
O que pesa bastante são as madeiras, madeiras pesadas dentro da carrinha são meio caminho para depois não conseguir colocar os equipamentos que deseja.


Na parte do podres, tente verificar as borrachas das portas, isso deve ser agua que vai escorrendo até lá em baixo, fica alojada e não sai, criando esses podres, eu tive o mesmo problema mas foi numa ford transit.

Va actualizando o seu sonho...


Abraço
Avatar do Utilizador
Luismbmp
 
Mensagens: 545
Registado: sexta nov 30, 2012 1:19 pm
Localização: Quinta do Conde

Re: A minha transformação

Mensagempor fluis » terça Oct 21, 2014 11:04 am

Bom dia,

Boa sorte com a transformação, penso que a escolha da base poderá não terá sido a melhor, não pela marca, ou pelo teto alto (o que é bom em termos de espaço), mas pelo facto de ser a versão de 9 lugares o que significa que tem muitos vidros, o que irá dificultar a transformação bem como o isolamento térmico, o ideal é optar por versões fechados e abrir posteriormente as janelas nos locais onde vão ser precisos e colocar janelas de autocaravana.
Agora já está, já está, portanto vá em frente, siga alguns dos importantes conselhos que já aqui foram dados, quer para o isolamento, quer para a escolha das madeiras, vá dando feed-bak dos avanços e não hesite em colocar sempre as suas questões
Fernando Luís
CI Riviera Garage
Mem Martins
Imagem
Avatar do Utilizador
fluis
Moderador
 
Mensagens: 2206
Registado: segunda nov 14, 2005 5:48 pm
Localização: Mem Martins

Re: A minha transformação

Mensagempor erebrus » quarta Oct 22, 2014 9:44 am

Eu não tive o problema de peso, mas também porque a minha carrinha é só de 5.2m de comprimento e a minha transformação foi feita à medida por mim com objectivos muito concretos.
O que eu posso dizer é que não se deve substimar a importancia do isolamento térmico, principalmente quando somos nós a fazer a transformação. Isto passa não só pelo chão e pelas paredes, mas também pela procura de fugas de calor. Por exemplo, ajustar as portas e borrachas para garantir que selam bem. As janelas - como já foi referido - também são um problema. Há uma pelicula que se pode aplicar e cria o efeito como o do vidro duplo (ainda que menos eficaz).

Tudo conta e é melhor atacar o problema no início, porque uma vez tudo montado é muito mais difícil. Por exemplo, eu descuidei-me com a insulação do solo e agora - em parte devido a fugas que não consegui encontrar - tenho a carrinha quente acima do joelho e fria abaixo do joelho. Portanto, não substime a necessidade de isolamento, principalmente se está a pensar aventurar-se fora do nosso país. Como ainda estou a tentar melhorar este aspecto na minha carrinha, mandei vir da amazon um termometro a laser para procurar fugas por 15€.


A vantagem que a sua carrinha tem é que não vai ter que pagar imposto na transformação (que no meu caso ainda foram 2500€)

Como disse, a minha transformação foi muito específica para os meus objectivos, por isso apesar de estar cada vez mais satisfeito com ela (e já fui até à Noruega e Marrocos) com ela não é para todos. De qualquer forma, se tiver dúvidas, ou quiser inspiração, pode ver o tópico: viewtopic.php?t=6465 ou contactar-me.

Se está a fazer a sua própria conversão, a vantagem é que pode poupar muito dinheiro, principalmente se souber de onde encomendar. Eu recomendo vivamente lulukabara, um site espanhol com entrega em Portugal ao mesmo preço que em Espanha e com preços muito inferiores ao que encontra por cá. Algumas das decisões que tomem que me pouparam dinheiro (mas não são para todos) foram:
- A abordagem frigorífico de compressor (procure no forum) recomendada pelos colegas. 100€ vs 500€ é uma grande diferença.
- Dependendo da sua utilização, também compensa pensar se vai querer uma instalação de gás tradicional ou não. Eu utilizo um fogão que leva cartuchos de gás, o que significa que não preciso de instalação de gás, garrafa de gás (peso e risco) nem um fogão caro. Em vez disso, tenho dois fogões portáteis de 15€ cada um, que levam cartuchos. Sai barato e tenho duas bocas de gás tão potentes como um fogão normal, mas a desvantagem é que é preciso outra alternativa para aquecimento.
- Tenho uma sanita portátil em vez duma sanita de cassete - 70€ vs 300-400€. A desvantagem é que é um pouco menos prático para esvaziar.

Estes são alguns exemplos. Como disse, não são para todos, tanto que a minha carrinha tem um volume de caixa de 280x176x183, o que - associado com o facto de que de fora não se nota que é uma AV - implica sermos criativos para termos tanta coisa lá dentro. Isso e a transformação custou 4000€. Mas faça a sua pesquisa e não se prenda necessáriamente ao que é mais popular.

Outra dica, entre em contacto com o IMTT cedo na sua transformação. Há uma série de pequenos detalhes que eles exigem e mostrar o seu plano ao engenheiro que vai avaliar antes ajuda imenso a evitar problemas mais tarde.
erebrus
 
Mensagens: 122
Registado: sexta abr 20, 2012 9:04 am
Localização: Faro, Portugal

Re: A minha transformação

Mensagempor Luismbmp » quarta Oct 22, 2014 9:44 pm

Tudo conta e é melhor atacar o problema no início, porque uma vez tudo montado é muito mais difícil. Por exemplo, eu descuidei-me com a insulação do solo e agora - em parte devido a fugas que não consegui encontrar - tenho a carrinha quente acima do joelho e fria abaixo do joelho. Portanto, não substime a necessidade de isolamento, principalmente se está a pensar aventurar-se fora do nosso país. Como ainda estou a tentar melhorar este aspecto na minha carrinha, mandei vir da amazon um termometro a laser para procurar fugas por 15€.


Boas companheiro erebrus,
A minha tambem tem esse problema, entrava frio por baixo do frigorifico, e entre as borrachas da porta lateral. Mesmo tapando bem as fugas de ar frio o chão continua frio, penso que seja o vento frio a passar por baixo da carrinha que faz o chao ficar frio, independentemente se o chao é isolado ou nao, se for isolado, pode é demorar a ficar frio, mas passado um tempo fica frio, eu resolvi, colocar tipo de uns tapetes em alcatifa no chao e instalei aquecimento central a enviar ar quente do aquecedor para todo o chao da AV e para o WC tambem, melhorou bastante. Mesmo a porta lateral afinada o frio entra, não se sente o vento, mas metendo la a mao nas borrachas o frio é notorio. Ter a carrinha quente em cima e fria em baixo, significa que o ar quente sobe e o ar frio desce, o ar quente que o aquecedor manda para o ar sobe e não se mantem na zona do chao. Veja o exemplo do balao de ar quente, quanto mais ar quente, ele sobe.


Abraço
Avatar do Utilizador
Luismbmp
 
Mensagens: 545
Registado: sexta nov 30, 2012 1:19 pm
Localização: Quinta do Conde


Voltar para Mecânica, Manutenção e Bricolage

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron